Coaching parental e autismo

Hoje vou falar sobre modelos de coaching parental desenvolvidos para famílias de crianças com autismo, pois é fundamental seu envolvimento no processo terapêutico, além do que os pais são os maiores terapeutas dos filhos.

Existem diferentes modelos de coaching parental baseados em evidência científica, descreverei aqui os dois que tenho formação, o MORE THAN WORDS – The Hanen Program e o ESDM PARENT COACHING – Mind Institute.

O programa More Than Words tem como objetivo fornecer para os pais de crianças com autismo ou outros transtornos da comunicação social, ferramentas práticas para ajudá-las a se comunicarem. É um programa bem estruturado realizado com grupos de pais, dividido em 8 encontros em grupo e 4 encontros individuais com a família. Esse programa enfatiza as atividades diárias da criança como o contexto para aprender a se comunicar, destacando a importância do afeto, da previsibilidade, da estrutura e do uso de suportes visuais para melhorar a aprendizagem das crianças com autismo. O ESDM Parent Coaching é uma abordagem de intervenção prática, onde a maioria das sessões tem como foco os pais interagindo com seus filhos e o terapeuta tem um papel de “mediador” (coach), sendo uma pessoa de apoio, cujo objetivo é ensinar técnicas do modelo denver (ESDM) aos pais e ajudá-los a incorporarem essas estratégias nas rotinas diárias com seus filhos.

O ESDM Parent Coaching é individualizado para cada família e o papel do coach é dar assistência para que os pais alcancem seus objetivos com seus filhos.

Os procedimentos de ensino são baseados em como as crianças aprendem e os suportes de aprendizagem para pais são baseados no conhecimento dos diferentes estilos de aprendizagem de adultos, do auto monitoramento e das mudanças de comportamento para que possam atingir os objetivos para o filho e para si mesmos.

Quer conhecer um pouco mais sobre os modelos de coaching parental?

Deixe sua pergunta!

 

 

 

 

Sem comentários

Deixe um comentário